quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Esposas de pescadores...


Na despedida um sorriso,
um carinho e um até breve....
No coração a expectativa.

Ao longe um mar de possibilidades,
escolhas corretas a serem feitas,
e muita responsabilidade.

Guiando sua vida,
e a de vários outros...

Que a beira mar esperam seu retorno...
Ansiosos!

O corpo na praia,
e o coração no mar.
A mente aqui e acolá,
sempre a orar e esperar!

2 comentários:

José Rodrigues (JR.) disse...

imagem e poesia em sicronia, quer dizer, em movimento. cada verso como se fosse um peixe capturado na rede; cada rede como um verso solto, sem prisão e sem parede; cada linha cheia de sentimento, cada barco seguindo as ondas, o vento. movimento, ele não pára.
comp também escrevo poesias e fiz recentemente um blog convido-lhe, se puder, a visitá-lo no endereço:

http://experimentandoversos.blogspot.com

um abraço, JR.

Wolverine Logan disse...

Que lindo MARina!
Adorei a poesia.

Beijos do mutante